terça-feira, 19 de abril de 2016

Rosalba pode ser candidata a prefeita de Mossoró ao lado do grupo de Sandra


 
O acordo entre as primas e adversárias há quase três décadas, Sandra Rosado e Rosalba Ciarlini, parece estar definitivamente selado, objetivando a busca pelo comando da Prefeitura de Mossoró. 

O grupo da ex-deputada federal desistiu dos embargos de declaração que havia impetrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), questionando a decisão que inocentou a ex-governadora Rosalba quanto a processos da campanha de 2012.

A retirada dos embargos, já homologada pelo TSE, em publicação do último dia 14, assinada pela ministra Luciano Lóssio, indica que Sandra e Rosalba devem marchar unidas no pleito de 2016, uma vez que os questionamentos do grupo da ex-deputada no Tribunal eram apontados como um dos principais entraves para a entrada de Rosalba na disputa pelo Poder Executivo municipal.

O advogado Marcos Araújo, autor dos embargos, informou ao MOSSORÓ HOJE que não foi consultado quanto à decisão tomada pelo grupo que teve Larissa Rosado como candidata à Prefeitura em 2012. 

“Alguém da Coligação constituiu um novo advogado e pediu desistência em nome da Coligação. Um procedimento irregular, mas fizeram. Não fui consultado”, afirmou.

Ainda conforme Marcos Araújo, a desistência contraria a própria Coligação. 

“Presumo, pelo pedido de desistência, por outro advogado, que a Coligação não tinha interesse político na cassação de Rosalba. É o mundo da política. Não é o mundo do direito”, enfatizou o causídico.

Leia matéria completa no portal Mossoró Hoje
type='text/javascript'/>