quinta-feira, 19 de maio de 2016

Acusados de desvios na Câmara de Apodi vencem eleição para presidência da Casa

(Foto: Divulgação / Assessoria)
 
Os vereadores Filho Neto (PPS) e Ângelo Suassuana (SDD) venceram eleição para presidente e 1º secretário da Câmara Municipal de Apodi, respectivamente, realizada na manhã desta quinta-feira (19).

O pleito foi necessário para substituir a vaga deixada pelo ex-presidente Evangelista Menezes (PR), que renunciou ao cargo após ter sido preso por desvios de recursos públicos.

Filho Neto venceu seus colegas Hortência Regalado (PSDB) e Laete Oliveira (PTN), com seis votos, e Ângelo Suassuna bateu o vereador Júnior Souza (PMDB), com sete votos.

Vale lembrar que Filho Neto e Ângelo Suassuna foram acusados, juntos com Evangelista, de peculato (desvios de recursos públicos) para abastecer veículos particulares e de terceiros.

Na acusação remetida à Justiça pelo Ministério Público, o atual vice-presidente da Câmara, Júnior Carlos (PSB), também foi citado.

A casa do povo está em boas mãos, não é mesmo?
type='text/javascript'/>