terça-feira, 24 de maio de 2016

Justiça derruba liminar e prefeito de Apodi poderá ser cassado

(Foto: Josemário Alves)
 
O prefeito de Apodi Flaviano Monteiro (PCdoB) poderá ser cassado nos próximos dias por não responder requerimento oficiais da Câmara sobre prestação de contas da prefeitura.

A cassação só será possível por que o Tribunal de Justiça derrubou, na sexta-feira passada (20), a liminar que suspendia os trabalhos da Comissão Especial de Inquérito (CEI). Sendo assim, os vereadores poderão dar continuidade ao processo.

A abertura da Comissão para investigar a falta de comunicação da prefeitura aconteceu em maio do ano passado.

Na época, o relator Ângelo Suassuna, disse ao Blog do Josemário.com que Flaviano Monteiro foi investigado durante 40 dias por crime político-administrativo. O prefeito teria deixado de responder à cerca de nove documentos oficiais da Câmara, que pedia informações sobre prestação de contas da prefeitura.

Entretanto, poucos dias antes do pedido de afastamento ser votado, a prefeitura entrou com uma liminar para suspender os trabalhos da CEI e foi aceita. A Justiça entendeu que os membros da CEI não teriam validado os ofícios que solicitava as informações.
type='text/javascript'/>