quinta-feira, 23 de junho de 2016

Internautas hostilizam prefeito de Apodi em publicação sobre greve dos servidores

(Reprodução / Facebook)
 
Após anunciar a proposta de aumento de 5% no salário-base dos professores municipais em greve, o prefeito de Apodi Flaviano Monteiro (PCdoB) foi hostilizado nesta quinta-feira (23) nas redes sociais.

Vários internautas criticaram a postura do chefe do executivo, uma vez que várias categorias estão paralisadas desde o início do mês de junho, mas a proposta era direcionada ao educadores.

“A pauta de reivindicações é pra todas as categorias. 5% em outubro, só pra professores é uma tremenda falta de respeito. A GREVE CONTINUA! (SIC)”, escreveram os internautas. 
 
O comentário foi repetido diversas vezes para mostrar indignação.

De acordo com a publicação, Flaviano reconhece a luta dos servidores, mas alega falta de recursos para garantir o reajuste aos servidores municipais.

Em entrevista recente ao Blog do Josemário.com, o presidente do Sindicato dos Servidores, professor Ozamir Lima, disse que há quase três anos a categoria não recebe reajuste e que isto significa uma perda salarial de mais de 30%.

“Não estamos pedindo aumento salarial. O que estamos reivindicando é apenas a reposição da inflação. Um direito nosso”, destacou o sindicalista.
type='text/javascript'/>