sábado, 24 de setembro de 2016

Mesmo com capacete, dona de casa sofreu trauma profundo na cabeça, diz ITEP

(Foto: Arquivo Pessoal)
O ITEP atestou que a causa da morte da dona de casa Maria Ivaneide da Costa, vítima de acidente Apodi, foi um trauma profundo na cabeça. Mesmo estando com capacete, o impacto com o asfalto da BR – 405 provocou sérios ferimentos e ela morreu no local.

“Muito triste a morte dessa jovem. Ela teve um grande traumatismo craniano. Mesmo com o uso do capacete, não foi o suficiente para amenizar ou evitar a fatalidade. Eu fiz parte da remoção do corpo dela até a sede do instituto técnico de perícia”, destacou o auxiliar de perito, Eudes Fontes, ao Blog do Josemário.com.

Leia: Dona de casa morre durante colisão entre carro e moto na zona rural de Apodi

O acidente aconteceu na noite desta sexta-feira (23) na região da Chapada do Apodi, próximo a entrada de Felipe Guerra. Ivaneide seguia de moto com o esposo, quando colidiu com um veículo que vinha no sentido contrário.

A dona de casa foi arremessada a vários metros do local da batida. O seu esposo não sofreu ferimentos, mas ficou em estado de choque.

De acordo com a polícia, os ocupantes do veículo se evadiram do local.

As causas da morte serão apuradas em inquérito policial conduzido pelo delegado Renato Oliveira, da Delegacia de Polícia Civil de Apodi.
Pelas redes sociais, amigos e parentes se solidarizaram com a morte da dona de casa. A amiga Marilene Mota destacou que ela era uma pessoa humilde.
“Minha vizinha e amiga. Que o senhor te receba no reino dos céus. Você era uma pessoa maravilhosa e humilde. Que Deus te dê o descanso eterno”, escreveu.

“Jesus, dá conforto a essa família que foi pega de surpresa pelo destino. Meus pêsames a todos da sua família. Descanse em paz, Ivaneide Costa”, publicou o colega de trabalho Edgar Leonardo.
Maria Ivaneide deixa esposo e três filhos.
type='text/javascript'/>