sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Presidiário e adolescente tentam matar desafeto durante evento político em Apodi

(Foto: Cedida / PM)
 
Dois suspeitos armados tentaram matar um desafeto durante um evento político e causaram alvoroço em Apodi, no interior do Rio Grande do Norte. O ataque aconteceu no início da noite desta quinta-feira (08) no bairro Betel, zona norte da cidade. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o tenente Júlio Batista, comandante da Polícia Militar, o atentado teve como motivação uma rixa entre um dos suspeitos e a vítima. Após o crime, a dupla foi detida e levada à delegacia.

Trata-se de Francisco de Assis de Lima Silva, presidiário do semiaberto, e um adolescente. Eles confirmaram em depoimento, na manhã desta sexta-feira (09), que tentaram matar um jovem conhecido por João Paulo, com uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira. Disseram também efetuaram dois disparos, mas que nenhum deles atingiu a vítima.

Tenente Júlio destacou ao Blog do Josemário.com, que apesar dos boatos, o crime não houve relação com a manifestação política que estava acontecendo no bairro.

Os tiros provocaram pânico dos participantes do evento e nos moradores locais que acompanhavam.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do município. Francisco de Assis foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi, onde aguardará decisão da Justiça. O menor de idade foi liberado.
type='text/javascript'/>