segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Comerciante que foi esquartejado e queimado em Apodi ainda não foi sepultado

(Foto: Arquivo pessoal)

O comerciante Augusto Fernandes de Freitas, de 70 anos, que foi assassinado, esquartejado e queimado no início desse mês em Apodi, ainda não teve o corpo sepultado. A informação foi confirmada ao Blog do Josemário.com pela assessoria de comunicação do ITEP.

O motivo é que ainda não foi feita a identificação oficial por exames de DNA.

De acordo com o ITEP, o cadáver está na unidade de Mossoró e deverá seguir para Natal ainda nesta semana, onde serão realizados os exames necessários para confirmar que o corpo é do comerciante.

“O corpo está vindo amanhã aqui pra Natal, porque não foi possível identificar. Daí, virá para cá para fazer exame de DNA, comparação e posteriormente ser liberado”, relatou Rafael Araújo, assessor de comunicação do instituto.

Augusto Fernandes foi morto na tarde do dia 09 de dezembro e esquartejado durante a madrugada do dia 10. O corpo só foi encontrado três dias depois, nas ruínas de uma antiga pousada, no Centro da cidade. O cadáver estava esquartejado em dois pedaços e queimados.
(Foto: Josemário Alves)

Os suspeitos são duas mulheres que cuidava da casa do comerciante e o namorado de uma delas. Eles foram presos e confessaram o crime.

Em depoimento, o namorado de uma das suspeitas disse que matou o comerciante por amor a ela. A suspeita, por sua vez, relatou que pediu ajuda para mata-lo por que o comerciante a ameaçava de morte.

Relembre:

Comerciante de 70 anos desaparece e deixa rastro de sangue dentro de casa em Apodi

Corpo de comerciante desaparecido em Apodi é encontrado esquartejado e queimado

Mulheres suspeitas de esquartejar comerciante e queimar corpo em Apodi são presas em Mossoró

Agricultor preso por matar comerciante em Apodi diz que matou por amor à esposa


type='text/javascript'/>