terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Suspeito de matar adolescente em Apodi se apresenta à polícia e nega crime

(Foto: Josemário Alves)

Um jovem de 21 anos, suspeito de participar do assassinato do adolescente Anderson Mateus, na noite de segunda-feira (26) em Apodi, foi intimado e se apresentou à polícia na manhã desta terça. Ele negou o crime.

Ele disse que estava na casa da namorada, no momento do crime, e que tem como provar sua inocência.

O rapaz está sendo apontado como suspeito, por que ele tinha sido alvo de um ataque, provocado pelo próprio Anderson, durante uma passeata política em setembro passado, e que teria matado para não morrer.

Contudo, o rapaz nega o crime.

Em depoimento, ele relatou que estava na casa da namorada, bem próximo a delegacia, juntamente com outro casal.

Sereno, ele afirmou que nunca matou ninguém. Após ser ouvido, o rapaz será liberado.

Anderson Mateus foi morto por dois homens em uma moto. A polícia está investigando, mas até o momento, ninguém foi preso.

Leia também:

Adolescente que tentou matar desafeto durante passeata política é morto em Apodi 


type='text/javascript'/>