sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Chuvas elevam número de casos de parvovirose canina em Apodi; “pode causar a morte”, alerta veterinário

(Foto: Josemário Alves)
A chegada das primeiras chuvas no município de Apodi tem deixado os criadores de cães em alerta sobre a parvovirose. Como o próprio nome já diz, a doença é causada por um vírus, é bastante contagiosa e pode, inclusive, causar a morte do seu bichinho.

O alerta é do veterinário Pollastry Diógenes. Na sua clínica veterinária em Apodi, ele vem registrando um grande aumento do número de casos.

“Quase todos os dias chegam até quatro cães com parvovirose de uma só vez, alguns deles bastante desidratados. Essa doença, apesar de parecer simples, pode causar a morte do animal”, declara o veterinário.

A parvovirose é transmitida através das fezes de animais infectados, geralmente durante o período chuvoso. Ela causa forte diarreia com sangue, vômitos, falta de apetite, febre alta, desidratação e inflamação das mucosas do estômago e do intestino. O diagnóstico é feito através de exames laboratoriais.

Segundo Pollastry Diógenes, o único tratamento possível é através de medicamentos.

“A solução que oferecemos no nosso Centro Veterinário são medicamentos que fortalecem as defesas do animal para que elas consigam agir sobre o vírus. É importante salientar que a saúde geral do cachorrinho é quem vai determinar se ele vai ter forças para combater a doença”, ressalta.

A única forma de evitar a parvovirose é através de vacinação específica.

“Dependendo do tamanho do animal, a vacinação custa cerca de R$ 50, enquanto o tratamento pode sair por mais R$ 400. Então, é bem mais viável prevenir”, conclui o veterinário, que mantém o Centro Veterinário Pollastry Diógenes, referência em saúde animal em Apodi.

type='text/javascript'/>