quinta-feira, 2 de março de 2017

Integrante da quadrilha que matou PM Hudson Danilo é transferido do CDP de Apodi

(Foto: Josemário Alves)
O presidiário Osvaldo Ferreira de Souza, suspeito de integrar a quadrilha que matou o policial apodiense Hudson Danilo, foi transferido do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi na tarde desta quinta-feira (02).

Ele estava detido na unidade prisional de Apodi há cerca de 15 dias, quando foi transferido da Cadeia Pública de Caraúbas. Poucas pessoas sabiam. O sigilo foi mantido para garantir a segurança do detento.

(Foto: Arquivo / Fim da Linha)
Osvaldo, que também é membro da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foi preso pela Polícia Militar do Rio Grande do Norte no dia 13 de novembro, em Mossoró, quando estava escondido na comunidade de Forno Velho.

Segundo a polícia, ele é suspeito de participar do grupo criminoso que matou o policial militar apodiense Hudson Danilo, em janeiro de 2016, no Ceará. Na época, ele já era foragido da Justiça do Ceará e da Paraíba.

Sua transferência aconteceu no final da tarde desta quinta sob chuva. A polícia não revelou qual o seu destino.


type='text/javascript'/>