quinta-feira, 9 de março de 2017

Presidiário é morto com tiros de doze no terreiro da casa da irmã em Apodi; aposentado é atingido por estilhaço

(Foto: Josemário Alves)
O presidiário Luiz Carlos de Souza Moreira, de 34 anos, foi assassinado com vários de tiros de grosso calibre na noite desta quinta-feira (09), em Apodi. O crime aconteceu no bairro Bico Torto, zona leste da cidade.

Segundo testemunhas, os atiradores estavam em um carro. Eles seguiram o rapaz, que estava de moto, e aproveitaram o momento em que ele desceu para conversar com a irmã.

Os tiros atingiram a região da cabeça e provocaram a morte no terreiro da casa. A polícia encontrou três cápsulas ao lado do corpo.

O aposentado Sebastião Martins de Moura, de 80 anos, que estava sentado em uma calçada próxima, foi atingido por estilhaços na perna. Ele foi socorrido ao Hospital Regional de Apodi e não corre risco de morrer. 

(Foto: Josemário Alves / Reprodução)
Para a polícia, ainda não se sabe quem ou o que motivou o crime. Imagens da câmera de monitoramento que fica localizada na entrada do bairro serão analisadas.

O caso será investigado pela Polícia Civil, que tem a frente o delegado Renato Oliveira.

Carlinhos, como era mais conhecido, cumpria pena no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Apodi por homicídio praticado em 2012. Ele ainda era investigado por ter matado Jakson Rairon da Costa, em fevereiro deste ano, e Antônio Wackson de Lima Miranda, em 2013.


type='text/javascript'/>