sexta-feira, 28 de abril de 2017

“Vamos levar o nosso turismo para o mundo”, declara Alan Silveira na reinauguração do Museu de Soledade

(Foto: Josemário Alves)
Foi com muito otimismo e esperança que o prefeito de Alan Silveira discursou na reinauguração do Museu de Lajedo de Soledade, na noite desta sexta-feira (28). Ele destacou que o município vai incentivar o turismo local e leva-lo ao conhecimento do Brasil e do mundo.

“Se o município incentivar o turismo local, vai gerar trabalho, renda e desenvolvimento para todos. Vocês podem ter certeza que nós vamos trabalhar para levar o nosso turismo para o Brasil e o mundo”, afirmou.

O evento de reinauguração do Museu de Soledade aconteceu após reforma do equipamento e das áreas de visitação do Lajedo de Soledade. As obras foram realizadas através de uma parceria da Fundação Amigos do Lajedos de Soledade (FALS) com a Prefeitura de Apodi.

Durante a cerimônia, o prefeito parabenizou toda a equipe da fundação e frisou a importância dela para a reestruturação do sítio arqueológico. “Vocês são os grandes responsáveis pelo trabalho que foi e está sendo desenvolvido aqui. Apodi toda agradece”, concluiu Alan.

(Foto: Josemário Alves)
O Museu do Lajedo de Soledade existe desde 1993 e guarda peças paleontológicas e arqueológicas raras encontradas na região. Sua construção aconteceu após intervenção de geólogos da Petrobras e dos próprios moradores do distrito, que viram na produção de cal local, um perigo para sua existência.

Ao ser erguido, o equipamento trouxe para o Distrito de Soledade a possibilidade de desenvolvimento, conforme explica o comerciante Eilson Oliveira.

“Tudo o que nós temos de bom foi por causa do museu. Se não fosse a construção dele, a gente não tinha estrada, nem calçamento, nem água”, revelou ele acrescentando que não sabe o que seria do distrito se o museu fechasse.

(Foto: Josemário Alves)
O museu e o Lajedo de Soledade recebem cerca de 700 turistas por mês, de acordo com o diretor da FALS, Cláudio Sena. A reforma realizada deve atrair novos visitantes.

As visitas podem ser feitas de terça à domingo, das 8h às 12h e das 13h às 17h. Para marcar, os interessados podem entrar em contato pelos telefones: (84) 3333-1017 ou 99911-9070. Cláudio ressalta que as visitas agendadas têm prioridade.


type='text/javascript'/>