domingo, 2 de julho de 2017

“Enquanto tentam incriminar um inocente, os bandidos estão aí fazendo o mal”, desabafa esposa do servente baleado em Apodi

(Foto: Arquivo | Polícia Civil)
Após ter sido alvo do segundo ataque a tiros em menos de três meses na cidade do Apodi, a família do servente de pedreiro Francisco Ferreira de Lima, de 50 anos, veio a público contestar as acusações da Justiça e revelar os motivos pelo qual estão passando por esta situação.

O desabafo foi feito pela esposa, Lidiane Oliveira, e pela filha do servente, Lary Gama, em entrevista exclusiva ao Blog do Josemário.com neste domingo (02). 
 
Relembre o ataque AQUI

Lidiane conta que Francisco Ferreira ou “Titico dos Galos”, como é mais conhecido, é um homem batalhador e que trabalha muito para sobreviver. Ela diz que todos em Apodi o conhece e sabe que ele nunca precisou se envolver com coisas erradas.

Tudo começou quando Titico tentou ajudar a um amigo, no início do ano. “Ele tentou ajudar e acabou se metendo em tudo isso, acabando com a liberdade”, revela a filha Lary Gama.

Devido a isso, “Titico dos Galos” foi preso no final de março, na companhia de vários suspeitos, e acabou sendo acusado na Justiça por formação de quadrilha. As investigações da Polícia Civil apontaram que os suspeitos que estavam com Titico eram envolvidos em guerra de facções.

Titico foi liberado e está respondendo ao processo em liberdade.

A esposa, que também foi presa e liberada na época, afirma que desde então, Titico vem sendo perseguido. “É justamente por investigações mal feitas que hoje nós arranjamos inimigos. Enquanto tentam incriminar um inocente, os bandidos estão aí fazendo o mal”, destaca.

Lary Gama reforça as palavras da madrasta e esposa do pai. “Estamos passando por uma situação difícil, e ficamos revoltado pelas acusações de coisas que meu pai nunca faria. Ele está sendo alvo de bandidos, mas nós todos sabemos que ele não fez nada de rum com ninguém”, acrescenta.

Tanto Lidiane, quanto Lary, acreditam que “Titico dos Galos” será inocentado das acusações. Sobre os constantes ataques a tiros, elas entregam o caso nas mãos de Deus.

“Estamos entregando tudo nas mãos dele, por isso que Deus o livrou. Tenho fé que vou ver meu pai sendo inocentado”, afirma Lary Gama.

“Deus e fiel e nós vamos vencer”, conclui Lidiane.

type='text/javascript'/>