segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Polícia prende foragido da Justiça que aliciava menores para prostituição em Apodi e Mossoró

(Foto: Arquivo | Josemário Alves)
O foragido de Justiça Francisco Valdemberg de Oliveira Costa foi preso no sábado (23) após um telefonema anônimo para o disque denúncia do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN).

Berguinho, como é conhecido, é condenado a 52 anos de prisão por aliciar menores para a prostituição nas cidades de Apodi e Mossoró, entre os anos de 2009 e 2010.
O foragido estava morando em Natal e foi preso na cidade de Parnamirim, quando tentava visitar a sua irmã em um condomínio. Após o recebimento da denúncia, o Gaeco acionou a Polícia Militar, que realizou a prisão.

No dia 30 de julho de 2010, o MPRN, com o apoio das Polícias Rodoviária Federal (PRF), Militar (PM) e Civil, deflagrou a operação Arcanjo, que desbaratou um esquema de prostituição de adolescentes nas cidades de Apodi e Mossoró, na região Oeste potiguar.

Ao todo, quatro pessoas foram presas nessa operação, entre elas Berguinho. O bando aliciava cerca de 30 mulheres nas duas cidades, entre elas adolescentes de 14, 15 e 17 anos.

Em 13 de março de 2012, o criminoso foi condenado a 52 anos de prisão e desde então era considerado foragido.
Após a captura no sábado, Francisco Valdemberg de Oliveira Costa foi levado para a Central de Flagrantes da zona Sul, de onde seguiu para uma unidade do sistema prisional para começar a cumprir sua pena.

Do MPRN
FACENE Mossoró
type='text/javascript'/>