domingo, 15 de outubro de 2017

Prefeito Alan convoca reunião para buscar solução para maternidade de Apodi

(Foto: Josemário Alves)
Com o objetivo de buscar uma solução para a problemática da Maternidade Claudina Pinto, de Apodi, o prefeito Alan Silveira solicitou uma reunião com a diretoria da Associação De Proteção e Assistência e Maternidade e Infância (APAMI), para esta segunda-feira (16), às 9h da manhã.

O encontro contará com a presença de vereadores, conselho fiscal e diretoria da APAMI, conselheiros municipais de Saúde e servidores da entidade.

Conforme o prefeito, a ideia é saber o porquê do atraso na prestação de contas e buscar uma forma de agilizar tal procedimento.

“Ficou acertado na reunião que tivemos no mês passado, que a diretoria da APAMI nos entregaria a prestação de contas que ficou faltando em 10 dias. Hoje, já são 14 de outubro e ainda não chegou nada. Queremos dar continuidade ao convênio, mas para isso, precisamos dessa documentação. O município já repassou R$ 840 mil este ano e não sabemos em que está sendo gasto. Estamos trabalhando com dinheiro público e precisamos da prestação de contas”, destacou Alan em nota divulgada neste sábado (14).

A reunião acontecerá na própria maternidade.

A prestação de contas era prevista no convênio que foi assinado em março, entretanto nunca foi feita por completa, conforme a Prefeitura. Diante disso, o município cessou os repasses até que toda a documentação seja enviada ao gabinete civil da Prefeitura de Apodi.

Sem os repasses, equivalentes a R$ 90 mil por mês, a maternidade sofre com paralisação dos serviços e salários dos servidores em atraso. A Maternidade Claudina Pinto é pertencente e administrada pela APAMI, uma entidade filantrópica.

FACENE Mossoró

type='text/javascript'/>