segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Veterinário alerta sobre perigo das madrugadas frias de Apodi para a saúde dos pets

(Foto: Êba! Agência de Mídia | Divulgação)
As madrugadas de Apodi, cidade localizada no interior do Rio Grande do Norte, nunca mais foram as mesmas. As baixas temperaturas, que variam entre 20°C e 25°C, têm chamado a atenção dos moradores e deixado os veterinários em alerta. É que o tempo frio possibilita diversas doenças nos animais domésticos, como é o caso da gripe canina.

Esta doença sobe em média 80% durante o período de frio. Isto porque a baixa temperatura permite que a bactéria causadora da doença se espalhe com mais facilidade.

Segundo o veterinário Pollastry Diógenes, é importante que os donos de cães fiquem atentos aos sintomas, como tosse seca. “Além disso, o cão infectado apresenta redução do apetite e inchaço nos linfonodos maxilares do animal”, destaca.

O tratamento se dá com o uso de antibióticos, xaropes e anti-inflamatórios. A prevenção é feita através de uma vacina aplicada no cachorro, seguida de um reforço no mês seguinte, além de outros anuais.

“É interesse que os donos façam um abrigo para os seus pets, pra evitar que eles sofram com o frio, ou até mesmo permitam que eles passem a noite dentro de casa”, acrescenta Pollastry Diógenes.

Além dos cães, a gripe canina também acomete os felinos. Neste caso, os donos devem prestar atenção aos espirros do gato. “Esta infecção não afeta seres humanos”, conclui o veterinário. 

FACENE Mossoró

type='text/javascript'/>