segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Gestão bate meta e cumpre 26% das promessas de campanha em menos de um ano em Apodi

(Foto: Josemário Alves)
A gestão Apodi Cidade de Todos, que governa o município de Apodi desde o início desse ano, bateu sua meta de execução do plano de governo para 2017 antes mesmo do ano acabar. A novidade foi anunciada pelo prefeito Alan Silveira, nesta segunda-feira (04), através de suas redes sociais.

Um levantamento feito por cada secretaria apontou que já foram cumpridas 26,5% de todas as promessas de campanha entregues ao Tribunal Regional Eleitoral durante registro da candidatura, em agosto do ano passado.

“Em reunião de avaliação, durante a última semana, chegamos à conclusão de que já cumprimos a meta de 2017, que era de entregar 25% das ações do nosso plano. Atingimos 26,5% ao final de 11 meses e já temos muito trabalho para mostrar ao nosso povo”, destacou Alan.

Dentre as promessas cumpridas se destacam o De Olho no Crime, que implantou um amplo sistema de monitoramento eletrônico das principais vias e equipamentos públicos, implantação da Escola Jovem de Música, aumento da equipe através da contratação de médicos especialistas, enfermeiros e auxiliares de enfermagem para ampliar a capacidade de atendimento da rede de saúde do município, e a criação do programa do Pinto Caipira, executando a proposta Voar para o Futuro.

Conforme o prefeito Alan, a expectativa é que no próximo ano a gestão possa entregar muito mais conquistas à população, uma vez que várias obras e serviços já estão em andamento e a casa estará organizada, o que facilitará o trabalho de toda a equipe.

“Em 2018, com a casa organizada, teremos muito mais conquistas para comemorar. À todo o povo de Apodi, muito obrigado pela confiança. Aos que fazem a Prefeitura Municipal de Apodi, muito obrigado e parabéns! Somos resultado de um trabalho eficiente e eficaz!”, concluiu o gestor.

O plano de governo do prefeito Alan Silveira e da vice-prefeita Hortência Regalado é composto por 68 propostas, das quais 18 já foram executadas. A ideia é zerá-lo até o final do mandato, em dezembro de 2020, cumprindo o que foi prometido ao povo durante a campanha.

FACENE Mossoró

type='text/javascript'/>