domingo, 27 de maio de 2018

Em 60h de protestos, Apodi já possui três bloqueios nas estradas de acesso à cidade

(Foto: Josemário Alves)
Desde que teve início os protestos dos caminhoneiros na BR-405 em Apodi, na manhã da última sexta-feira (25), a cidade já conta com três bloqueios nas principais estradas que dão acesso à zona urbana. Dois deles são na rodovia federal e um na estadual.

O primeiro bloqueio foi montado no KM 73 da BR-405, no sentido a Mossoró. Lá, os caminhoneiros atearam fogo em pneus e interditaram as duas vias para veículos pesados, principalmente aqueles que transportam alimentos.

O segundo foi montado na manhã do sábado (26), também na BR-405 na altura do KM 80, no sentido a Pau dos Ferros. Os manifestantes também queimaram pneus, pintaram faixa verde e amarelo nos veículos e interditaram as duas vias da pista. Estão permitindo a passagem apenas de veículos pequenos, motos e ambulâncias.

Já o terceiro bloqueio está acontecendo na rodovia estadual RN-233, que dá acesso ao município de Caraúbas. Vários caminhões estão estacionados às margens da pista fazendo a interdição parcial.

O intuito é fazer com que os caminhões que abastecem postos de combustíveis, supermercados, entre outros, não tenham acesso à cidade. Segundo os próprios manifestantes, não há previsão para o fim da greve nacional, nem do desbloqueio das estradas de Apodi.

No município de Apodi o protesto dos caminhoneiros já dura cerca de 60 horas, sem interrupção. A primeira consequência foi o desabastecimento dos postos de combustíveis. Nas próximas horas, outros setores também serão afetados drasticamente, como supermercados e distribuidoras de gás de cozinha.

FACENE Mossoró
type='text/javascript'/>