terça-feira, 31 de julho de 2018

Suspeito preso revela que quadrilha estava se planejando para matar inimigo em Apodi

(Foto: Divulgação | Polícia Civil)
A quadrilha que foi presa no início da tarde de segunda-feira (31) na operação Quintilis, em Apodi, estava se planejando para cometer mais um homicídio na cidade. A informação foi obtida com exclusividade pelo Blog do Josemário junto ao delegado de Polícia Civil Rafael Câmara.

A operação foi deflagrada pelas policiais Civil e Militar e tinha como alvo três suspeitos que estavam escondido em um estabelecimento comercial às margens da BR-405, na zona rural de Apodi.

Durante a abordagem, um dos criminosos reagiu e acabou morto na troca de tiros com a polícia. Trata-se de Thalison Fernandes Fonseca, mais conhecido por “Tales”, tido como comandante do tráfico na cidade.

Os outros dois, que também estavam armados, se renderam e foram presos. Eles foram identificados como sendo Rodrigo Alves Maia e Allysson Thiago Bezerra de Lima.

(Foto: Divulgação | Polícia Civil)
Com eles, a polícia apreendeu mais de 5kg de maconha prensada em tabletes, três revólveres, 24 munições, um veículo, nove celulares, dentre outros objetos.

Segundo o delegado Rafael, um dos presos revelou em depoimento que estava planejando matar um inimigo nos próximos dias em Apodi. A polícia não revelou quem seria o alvo do ataque.

A dupla foi levada para a carceragem do Centro de Detenção Provisória da cidade. Devido à periculosidade, Rafael contou que já pediu a prisão preventiva dos dois para mantê-los presos até a decisão judicial.

A operação Quintilis foi comandada pelo delegado Rafael Câmara e o capitão PM Costa e Silva. Seu nome faz alusão ao mês de julho, antes batizado de quintilis pelos romanos.

FACENE Mossoró

type='text/javascript'/>